sábado, 20 de janeiro de 2018

HOMEM TEM A GARGANTA CORTADA DURANTE ASSALTO EM ALTAMIRA/PARÁ

Na manhã deste sábado (20), por volta das 05:00hrs o Corpo de Bombeiros de Altamira foi acionado para ir até Rodovia Ernesto Acioly para atender a um esfaqueamento, a vítima estava com um corte gravemente no pescoço além de ter recebido também rias tijoladas.
Segundo informações de um senhor que prestou socorro, ele acordou ao ouvir a vítima pedindo socorro, ao sair da sua barraca se deparou com o homem ferido. Quando Perguntado o que teria acontecido a vítima, já perdendo as forças, contou que ele estava chegando da roça em sua motocicleta, quando foi abordado por 4 bandidos em um estabelecimento conhecido como mangueirinha querendo sua motocicleta, celular e a bolsa e logo depois os elementos começaram o agredirem com as tijoladas e com um corte na orelha e na garganta da vítima que saiu correndo e se escondeu em uma oficina nas proximidades. Sua motocicleta e pertences foram levados pelos 4 bandidos que fugiram em direção ao Bairro Colinas.
A vítima foi encaminhada pelo Corpo de Bombeiros até o Hospital e até o momento ainda não se sabe sobre o estado de saúde da vítima. A Polícia Militar esteve presente no local fizeram rondas nas redondezas, mas ninguém foi encontrado.

GRUPO DE CIENTISTAS DEFENDE QUE ADOLESCÊNCIA VAI ATÉ OS 24 ANOS

Fase odiada pela maioria das pessoas ganhou uma sobrevida de cinco anos.

O fato de jovens estarem optando por estudar por um período de tempo mais longo, não só até a faculdade, assim como a decisão cada vez mais frequente de adiar casamento e maternidade/paternidade, estariam mudando a percepção das pessoas de quando a vida adulta começa, dizem pesquisadores australianos em um artigo publicado nesta semana na revista científica Lancet Child & Adolescent Health.
Para eles, a redefinição da duração da adolescência seria essencial para assegurar que as leis que dizem respeito a esses jovens continuassem sendo asseguradas.
Outros especialistas, no entanto, dizem que postergar o fim da adolescência pode mais adiante infantilizar os jovens.

Puberdade

A duração da adolescência já chegou a ser alterada antes, quando se concluiu que, com os avanços da saúde e da nutrição, a puberdade iniciava antes do 14 anos, como se convencionava.
Essa fase tem início quando uma parte do cérebro, o hipotálamo, ativa as glândulas hipófise e gônadas, que, entre outras coisas, liberam hormônios sexuais.
Ela costumava acontecer por volta dos 14 anos, mas caiu gradualmente no mundo desenvolvido nas últimas décadas até o patamar de 10 anos.
Como consequência, em países industrializados como o Reino Unido a idade média para a primeira menstruação de uma garota caiu quatro anos nos últimos 150 anos.
Metade das mulheres agora fica menstruada pela primeira vez entre 12 e 13 anos.
A biologia também é usada como argumento por aqueles que defendem que a adolescência termina mais tarde - e que dizem, por exemplo, que o corpo continua a se desenvolver.
O cérebro continua se desenvolvendo depois dos 20 anos, trabalhando de maneira mais rápida e eficiente. E para muitos os dentes do siso não nascem até que complete 25 anos.

Adiando planos familiares

Os mais jovens também estão adiando o casamento e a maternidade/paternidade.
De acordo com o Escritório Nacional de Estatísticas do Reino Unidos, a idade média para o primeiro casamento de um homem era 32,5 anos em 2013 e de 30,6 para as mulheres na Inglaterra e no País de Gales. Isso significa um aumento de 8 anos desde 1973.
No artigo que explica os motivos para o aumento da duração da adolescência, Susan Sawyer, diretora do Centro para a Saúde do Adolescente do Hospital Royal Children's em Melbourne, na Austrália, escreve: "Apesar de muitos privilégios legais da vida adulta começarem aos 18 anos, a adoção das responsabilidades e do papel de adulto geralmente acontece mais tarde".
Ela diz que postergar o casamento, o momento de ter filhos e a independência financeira significa "semidependência", o que caracteriza que a adolescência foi estendida.

GOVERNO APRESENTA PROJETO DE LEI PARA PRIVATIZAR ELETROBRAS

Planalto divulgou íntegra do texto, que será enviado ao Congresso na próxima segunda.

O Palácio do Planalto divulgou nesta sexta-feira (19) projeto de lei com regras para a privatização da Eletrobras. O texto será enviado pelo presidente Michel Temer ao Congresso Nacional na próxima segunda (22).
Pelo texto, a privatização se dará por meio do aumento do capital social da empresa, que oferecerá novas ações na bolsa e, com isso, a participação dos atuais acionistas será diluída.
De acordo com a proposta, o aumento de capital social poderá ser acompanhado de oferta pública secundária de ações da União ou de empresas controladas pelo governo, direta ou indiretamente.
O projeto também propõe a alteração do estatuto social da Eletrobras para impedir que qualquer acionista tenha mais de 10% das ações com direito de voto.
O governo também propõe no texto uma reestruturação societária para manter sob controle da União a Eletronuclear e a Itaipu Binacional - usina que o Brasil administra junto com o Paraguai.
'Golden share'
O projeto prevê também que a União deterá as chamadas "golden share" da Eletrobras após a privatização.
As "golden share" são ações especiais que dão ao detentor o poder de veto sobre alguns assuntos.
Além disso, pela proposta, o governo federal terá a prerrogativa de indicar o presidente do Conselho de Administração da Eletrobras após a privatização.
Liminar
Paralelamente à discussão do projeto a ser enviado pelo governo, a União tenta reverter na Justiça uma decisão liminar (decisão provisória) que suspendeu o artigo da medida provisória 814, que permite a privatização da Eletrobras.

RAQUEL BRANDÃO, PREFEITA DE PLACAS, IMPEDE PARTICIPAÇÃO DA IMPRENSA EM ALMOÇO OFERECIDO PELA CÂMARA DE VEREADORES

O caso aconteceu nesta sexta-feira logo após a sessão extraordinária para a posse da vereadora Raimunda Nascimento Rodrigues, a Raimundinha do PSC que assume a vaga de Marcelo no poder legislativo e a prefeita de Placas Raquel Brandão impediu os repórteres da Rádio comunitária Floresta Viva Acelmo Costa e Edson Azevedo, de participarem de um almoço oferecido pela Câmara Municipal. Os dois teriam sido convidados pelo Vice Prefeito Beto Dantas, mas a gestora solicitou que os dois se retirassem do local. Edson publicou um vídeo em suas redes sociais falando da indignação pela atitude da prefeita.
A atitude da prefeita fere a lei da liberdade da imprensa e é um ato antidemocrático e impede o direito de ir e vir do cidadão nos espaços públicos. Entramos em contato com a prefeita para saber o posicionamento diante da denúncia, mas até o fechamento da ela não havia respondido.
Nos solidarizamos com os colegas de imprensa e repudiamos ações desta natureza.

Matéria completa no vídeo:


Por: Valdemídio Silva

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

IFPA OFERTA 1140 VAGAS EM NÍVEL SUPERIOR PELO SISU 2018

Estudantes que participaram do Enem 2017 podem fazer inscrição no Sisu de 23 a 26 de janeiro. Confira as vagas:

Foto: Divulgação
O Instituto Federal do Pará (IFPA) está participando da primeira edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2018 com ofertas em cursos de nível superior tecnológicos, bacharelados e licenciaturas. Ao todo são 1140 vagas, distribuídas em 32 cursos superiores para nove Campi do IFPA, e as inscrições são feitas exclusivamente pela plataforma do Sisu de 23 a 26 de janeiro.
Abaetetuba
O Campus Abaetetuba do IFPA oferta 40 vagas para o curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, turno vespertino.
Altamira
O IFPA Altamira está ofertando, no turno noturno, 30 vagas para o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas.
Belém
Para Belém, o IFPA está ofertando 515 vagas em 14 cursos. Bacharelados em Engenharia de Materiais e Engenharia de Controle de Automação, Licenciaturas em Ciências Biológicas, Física, Geografia, Letras – Língua Portuguesa, Matemática, Química e Pedagogia. E também as graduações tecnológicas em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Eletrotécnica Industrial, Gestão Pública, Saneamento Ambiental e Sistemas de Telecomunicações.
Bragança
O Campus Bragança oferta 170 vagas nas Licenciaturas em Ciências Biológicas e Física, e nas Graduações Tecnológicas em Agroecologia e Gestão Ambiental.
Castanhal
O IFPA Castanhal está oferecendo 155 vagas em Licenciatura em Informática, turno vespertino, e em três Bacharelados em Agronomia, Engenharia de Alimentos e Engenharia de Pesca. Os Bacharelados são em turno integral, com aulas pela manhã e tarde.
Conceição do Araguaia
Em Conceição do Araguaia, o IFPA oferta 60 vagas em dois cursos superiores. Um Bacharelado em Agronomia, em turno integral, com aulas pela manhã e tarde, e uma Graduação Tecnológica em Gestão Ambiental, em turno noturno.
Marabá
O Campus Marabá Industrial está ofertando 60 vagas, para o turno noturno, nas Graduações Tecnológicas em Gestão Ambiental e Eletrotécnica Industrial.
Parauapebas
O IFPA Campus Parauapebas oferta 40 vagas vespertinas para a Graduação tecnológica em Automação Industrial
Tucuruí
Em Tucuruí são 70 vagas vespertinas em dois cursos superiores, uma Licenciatura em Ciências Biológicas e uma Graduação Tecnológica em Gestão Ambiental.
Inscrições
Para se inscrever, o estudante precisa ter em mãos a nota do Enem 2017 divulgadas pelo Ministério da Educação (MEC). É necessário atender a todas as regras estabelecidas pelo edital do Sisu/2018, inclusive ter obtido nota na redação diferente de zero. Atendendo a todos estes requisitos, no ato da inscrição, será necessário informar o número de inscrição do Enem 2017, a senha mais atual cadastrada no Enem e indicar as duas opções de cursos pretendidos.

PREFEITO EM EXERCÍCIO DE TUCURUÍ SOFRE ATENTADO NA ALÇA VIÁRIA


As primeiras informações dão conta de um suposto atentado contra o Prefeito Interino de Tucuruí. O fato teria acontecido quando o Prefeito em exercício Bena Navegantes retornava de uma viagem a Belém
As primeiras informações dizem que um veículo avançou sobre o veículo do prefeito afim de causar acidente, o fato aconteceu próximo a Alça viária nessa tarde, após o ocorrido foi acionado a polícia para fazer a escolta do prefeito até a cidade de Tucuruí.
O prefeito já vinha sofrendo ameaças e são muitos os que querem o poder e estão descontentes com a alta aprovação da população tucuruiense pela boa atuação do Prefeito Bena Navegantes, segundo as informações o Prefeito Bena passa bem, logo estará em Tucuruí que Deus o guarde.
Em breve mais informações
Por: Elyon Gomes

TRANSAMAZÔNICA: MOTORISTAS SOFREM EM DESVIO DA LADEIRA DA ONÇA EM BRASIL NOVO

É sempre a mesma história e basta a chuva cair para o problema se agravar e nesta quarta feira a gente viu essa história acontecer mais uma vez no desvio da ladeira da onça que fica a um km do centro urbano de Brasil Novo rumo à Medicilândia.
Com a pista escorregadia, hoje pela manhã um caminhão não conseguiu subir e acabou parando no meio da ladeira dificultado ainda mais a passagem de outros veículos. O diretor da Rádio popular FM, que estava de viagem para Rurópolis falou a dificuldade de passar pelo local.
A ladeira da onça ficou famosa devido os acidentes ocorridos no local em decorrência da má qualidade da estrada. O local é um desviu feito pela empresa responsável pela pavimentação da Rodovia Transamazônica e já registrou dezenas de acidentes, inclusive com vítimas fatais. O local também já foi palco de manifestação popular em protestos pelas dificuldades de trafegabilidade.

Matéria completa no vídeo:

Por: Valdemídio Silva

FEBRE AMARELA PROVOCOU 10 MORTES EM OITO ANOS NO ESTADO

O número de casos suspeitos e confirmados de febre amarela tem aumentado no Brasil desde o ano passado, quando 266 pessoas morreram até o dia 1º de agosto. No Pará, no período de 2010 a 2017, foram confirmados 20 casos da doença, com dez mortes. No ano passado, a febre amarela foi diagnosticada em onze pessoas no Pará, quatro deles em Alenquer, com três mortes; dois em Monte Alegre, com uma morte; um em Juruti, um em Óbidos; um em Aveiro (com óbito); um em Bagre (com óbito) e um em Oeiras (com óbito). Os números da doenças foram divulgados pelo Instituto Evandro Chagas (IEC), em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém.
Em 2016, houve um caso da doença (com cura), em Monte Alegre. Em 2015, a febre amarela foi diagnosticada em três pessoas, nos municípios de Afuá (com cura), Gurupá (com cura) e Brejo Grande (com óbito).  Em 2014, houve um caso, com cura. Em 2013, também só foi confirmado um caso da doença, com cura. Em 2012, não houve nenhum registro de febre amarela. Em 2011, foram dois casos, com um óbito. E em 2010, um caso com óbito.
O Pará não registrou nenhum caso da doença em macacos este ano. Em 2017, no entanto, do total de 434 macacos que foram a óbito, 20 morreram com diagnóstico confirmado para febre amarela, oriundos dos seguintes municípios: Alenquer (um), Belém (um), Concórdia do Pará (um), Curuçá (um), Marituba (um), Monte Alegre (dois), Novo Repartimento (um), Oriximiná (três), Óbidos (um), Piçarra (um), Placas (um), Rurópolis (três), Santarém (dois) e Tucuruí (um).  
Em 2015 e em 2016 não ocorreram mortes de primatas por febre amarela. Ocorrências anteriores a 2015 registram que houve a suspeita da doença ter matado um primata na ilha do Combu, em Belém, mas exames descartaram a infecção pelo vírus amarílico. Em 2014, não houve nenhum caso confirmado de óbito de primatas.
Em relação à imunização contra a doença, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) informou que o Pará, assim como os demais Estados da Região Norte, não adota o esquema fracionado de vacinação contra a doença por estar em área endêmica, de intensas matas.
A única forma de evitar a febre amarela silvestre é a imunização. A vacina é gratuita e está disponível nas unidades básicas de saúde em qualquer época do ano. Ela deve ser aplicada 10 dias antes da viagem para as áreas de risco de transmissão da doença, como matas e zonas rurais. Pode ser aplicada a partir dos 9 meses de idade e é válida por 10 anos. A vacina é contra-indicada a gestantes, imunodeprimidos (pessoas com o sistema imunológico debilitado) e pessoas alérgicas a gema de ovo.
A vacinação também é indicada para todas as pessoas que vivem em áreas de risco para a doença e onde há casos da doença em humanos ou circulação do vírus entre animais (macacos).
Outra determinação do Ministério da Saúde diz respeito à orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que desaconselha os viajantes internacionais a receber a vacina fracionada, recomendada apenas para gestantes, crianças de nove meses a menores de dois anos e indivíduos com condições clínicas especiais.

Fonte: ORM

PREÇO DO BOTIJÃO DE GÁS DEVE REDUZIR A PARTIR DESTA SEXTA

A partir desta sexta-feira (19), o preço do gás de cozinha deve reduzir. Após alta de 16% em 2017, frente a uma inflação de 2,95%, a Petrobrás anunciou redução de 5% no valor do botijão de 13kg.
Segundo o Dieese-PA, atualmente, o preço médio do botijão de gás comercializado em Belém é de R$ 64,43, oscilando entre R$ 60 a R$ 75. Entre os municípios paraenses, Xinguara possui o gás mais caro, que custa em média R$ 89,33, com preço que varia entre R$ 88 a R$ 90; seguido de Redenção com o preço médio de R$ 89; Itaituba (R$ 86); e Altamira, com o preço médio de R$ 85,50.
Preço do botijão de gás
Cidade
Preço Médio
Menor Preço
Maior Preço
Xinguara
R$ 89,33
R$ 88,00
R$ 90,00
Redenção
R$ 89,00
R$ 85,00
R$ 90,00
Itaituba
R$ 86,00
R$ 80,00
R$ 89,00
Altamira
R$ 85,50
R$ 80,00
R$ 98,00

Fonte: G1 Pará

MOTORISTA DESGOVERNADO ATROPELA CASAL E FOGE ARRASTANDO A MOTOCICLETA EM BAIXO DO VEÍCULO EM ALTAMIRA

Durante a noite dessa quinta-feira (18), por volta das 22:00hrs, um casal que trafegava em sua motocicleta pela Rua Joaquim Acácio no sentido à Avenida João Coelho no Bairro Brasília por pouco não perderam a vida por causa de um motorista irresponsável que trafegava em uma caminhonete Hilux Branca no sentido contrário totalmente desgovernado em alta velocidade.
De acordo com as informações o motorista colidiu com o casal jogando os dois na lateral da rua passando por cima da motocicleta e arrastou cerca de uns 500 metros do semáforo da rua João Coelho até as proximidades da rua Professor Antônio Godin Lins.
O SAMU foi Acionado prestar socorro às vítimas e constatou que o homem acabou quebrando uma das pernas , a mulher sofreu uma batida forte ao cair e estava com alguns machucados pelo corpo, recebeu os primeiros atendimentos e foram encaminhados até a uma Unidade de Pronto Atendimento.
O Demutran esteve no local realizando os procedimentos cabíveis do acidente e fizeram a remoção da motocicleta da via, a Polícia Militar através da placa fez diligências nas ruas na tentativa de encontrar o motorista para que ele possa responder pela sua irresponsabilidade.
Quem ver uma caminhonete Hilux Branca com a frente danificada e com a placa que LQM 4819 ligue para 190 ou 193.

PARÁ VOLTA A LIDERAR RANKING DE TRABALHO ESCRAVO

Estado responde por 21% do total de resgates em todo o País
Em 2017, o Pará foi o Estado com maior número de trabalhadores encontrados em situação análoga à de escravo e retirados das frentes de trabalho. Um total de 72 pessoas foram resgatadas em 17 cidades paraenses - o que representa 21% do total de resgates no país. 
Os dados do Ministério do Trabalho (MT), publicados ontem (18) , revelam, ainda, que o número de operações de fiscalização para a erradicação do trabalho escravo caiu 23,5% no Brasil em 2017, em comparação com o ano anterior. As informações foram obtidas pelo G1 por meio da Lei de Acesso à Informação. 
Segundo o Ministério do Trabalho, no ano passado, o Pará reassumiu a liderança nacional em número de trabalhadores libertados. Minas Gerais - que havia liderado a lista nos últimos quatro anos - apareceu em segundo lugar, com 60 pessoas resgatadas em 13 cidades. Em seguida, vieram Mato Grosso (55) e Maranhão (26). Em outubro do ano passado, o Estado já havia aparecido na “lista suja” do Ministério do Trabalho como o segundo com o maior número de citações. A chamada “lista suja” é o nome informal do cadastro atualizado de empregadores que submeteram trabalhadores a condições análogas à de escravidão. Dezesseis empresas localizadas no Pará apareceram na relação, liderada por Minas Gerais (42 notificações). Na ocasião, 132 empresas foram listadas em 12 estados diferentes.
Também no ano passado, um levantamento feito pelo Observatório Digital do Trabalho Escravo apontou que quase 10 mil pessoas foram encontradas em situação de trabalho degradante nas fazendas do Pará nos últimos 14 anos. A reportagem revelou uma queda substancial nas operações de fiscalização e combate ao trabalho escravo em todo o país. No ano passado, foram realizadas 88 operações em 175 estabelecimentos, contra 115 em 2016. É a menor atuação das equipes de erradicação desde 2004, quando foram feitas 78 fiscalizações. 

GÁS DE COZINHA SERÁ REAJUSTADO A CADA TRÊS MESES

Nova política de preços começa a valer nesta sexta-feira (19)

Foto: Tarso Sarraf
De acordo com o que foi anunciado em dezembro, a Petrobras fez revisão de sua política de preços do GLP de uso residencial, comercializado em botijões de até 13 kg, e definiu novos critérios para aplicação dos reajustes, além de uma regra de transição para 2018, que reduzirá o preço do GLP vendido nas refinarias em 5% a partir desta sexta-feira (19). 
"A Petrobras acredita que estes novos critérios permitirão manter o valor do GLP referenciado no mercado internacional, mas diluirão os efeitos de aumentos de preços tipicamente concentrados no fim de cada ano, dada a sazonalidade do produto. A referência continuará a ser o preço do butano e propano comercializado no mercado europeu, acrescido de margem de 5%", diz a nota divulgada à imprensa hoje. 
Após a redução que entrará em vigor amanhã, o preço médio de GLP residencial sem tributos comercializado nas refinarias da Petrobras será equivalente a R$ 23,16 por botijão de 13kg. Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas pela Petrobras podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores.
Veja as principais mudanças na política de preços: 
1)    Os ajustes de preços passam a ser trimestrais em vez de mensais, com vigência no dia 5 do início de cada trimestre.
2)    O período de apuração das cotações internacionais e do câmbio que definirão os percentuais de ajuste será a média dos doze meses anteriores ao período de vigência e não mais a variação mensal.
3)    Reduções ou elevações de preços superiores a 10% terão que ser autorizadas pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços, formado pelo        presidente da Petrobras e pelos diretores de Refino e Gás Natural e Financeiro e de Relacionamento com Investidores. Nestes casos, a data de aplicação dos ajustes (dia 05) pode ser modificada. Caso o índice de reajuste seja muito elevado, o Gemp poderá decidir não aplicá-lo integralmente, ficando a diferença para compensação conforme mecanismo adiante detalhado.
4)    Criação de um mecanismo de compensação que permitirá comparar os preços praticados segundo esta nova política e os preços que seriam praticados de acordo com a política anterior. As diferenças acumuladas em um ano, ajustadas pela taxa Selic, serão compensadas por meio de uma parcela fixa acrescida ou deduzida aos preços praticados no ano seguinte.


Por: Portal ORM, com informações da Petrobras

EM ALTAMIRA, DETENTOS FAZEM AGENTE PRISIONAL REFÉM E MATAM PRESIDIÁRIO

Presos obrigaram carcereiro a abrir a cela de Vanderley Lima, que foi morto a golpes de estoque.

Foto: Susipe
Na tarde desta quinta-feira (18), Vanderley da Silva Lima, de 26 anos, foi morto a golpes de estoque no Centro de Recuperação de Altamira (CRRALT), no Baixo Xingu. Um agente prisional foi feito refém por outros presos e obrigado a abrir a cela onde a vítima estava.
A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) confirmou o assassinato do detento, que ocorreu por volta das 15h15, durante o horário do banho de sol. Segundo a Superintendência, um agente prisional que recolhia o lixo do bloco carcerário foi rendido por um grupo de presos, que aproveitaram a abertura da cela de medida disciplinar onde Vanderley estava para executá-lo.
Vanderley da Silva Lima respondia pelo crime de roubo qualificado e estava foragido desde 2013. A vítima foi recapturada há 3 dias. Apesar do susto, os detentos garantiram a integridade física do agente, que não sofreu nenhum ferimento e passa bem.
Dois presos assumiram a autoria do crime e irão prestar depoimento na Delegacia de Altamira. Ainda de acordo com Susipe, um inquérito policial será aberto para investigar o caso e a Corregedoria-Geral Penitenciária da Susipe também tomará as medidas necessárias. De acordo com a Diretoria de Administração Penitenciária, a unidade prisional opera dentro da normalidade.
Segundo a tenente Elizabete, oficial do 16º Batalhão da Polícia Militar (BPM), uma revista foi feita após a execução de Vanderley. Várias armas brancas, incluindo o estoque usado no assassinato, foram apreendidas.
O corpo de Vanderley foi removido para os exames periciais e ainda não foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML).

Fonte: Portal ORM

PREFEITURA ASSINA CONVÊNIO COM O TRE-PA PARA REALIZAÇÃO DA BIOMETRIA ELEITORAL EM BRASIL NOVO

O convênio para a realização da biometria eleitoral em Brasil Novo foi assinada pelo Prefeito Alexandre Lunelli e a Presidente do TRE/PA a Desª. Célia Regina Pinheiro na manhã desta quinta-feira em una cerimônia realizada no auditório da prefeitura. A parceria celebra um termo de cooperação para o trabalho de cadastramento biométrico dos eleitores de Brasil Novo. A desembargadora pediu o empenho do poder executivo e principalmente da imprensa local na mobilização para que todos possam acessar os serviços.
Durante seu pronunciamento, o Juiz eleitoral Alexandre Trindade da 18ª Zona Eleitoral, explicou que ao fazer a biometria, as multas do leitor que não votou e não justificou o voto serão anistiadas.
O cadastramento biométrico é obrigatório para todos os 13.505 eleitores e será realizado nas dependências do CRAS de Brasil Novo entre os dias 22 de janeiro à 09 de maio explicou o Prefeito Alexandre Lunelli

Matéria Completa no Vídeo:


Por: Valdemídio Siva

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

CONTA DE LUZ PODE FICAR MAIS BARATA EM 380 MIL CASAS

Programa Tarifa Social vai beneficiar famílias de 144 municípios
(Foto: Marcelo Camargo ABR)
A Celpa divulgou um levantamento, feito junto ao Ministério de Desenvolvimento Social, indicando que cerca de 380 mil famílias no Pará podem ter descontos na conta de energia elétrica. O dado foi obtido a partir da análise da quantidade de cidadãos que possuem o cadastro social (CadÚnico) e que podem fazer parte do Programa Tarifa Social, que dá descontos de até 65% nas contas de energia. De acordo com o estudo, só em Belém e Ananindeua o número de potenciais beneficiários fica em torno de 50 mil, no total. Em Santarém e Abaetetuba, há mais de 15 mil famílias aptas ao benefício. Já cidades como Castanhal e Paragominas esse número chega a cinco mil.
O executivo de Relacionamento com o cliente da Celpa, Francisco Thiago Fonseca, explica os requisitos para fazer parte do Programa. “É necessário que o cliente possua o NIS, que é o Número de Inscrição Social, ele deve ter renda familiar mensal menor ou igual a meio salário mínimo por pessoa da família, e também é necessário que a data de última atualização cadastral dos dados sociais junto ao Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) seja inferior a dois anos. Ou seja, essa atualização cadastral deve ser feita a cada dois anos”, afirma.
A concessionária ainda alerta que o usuário deve receber o benefício da Tarifa Social em apenas uma conta contrato e o endereço de cadastro do beneficiário do CadÚnico deve estar localizado em um dos 144 municípios do estado do Pará.